Dicas para cuidar do seu relógio

Dica01

Existem vários cuidados que devemos considerar no que diz respeito a relógios. Algumas precauções básicas podem ajudá-lo a evitar danos e contribuir em muito para prolongar a vida útil do seu relógio.

- Evite expor o relógio a altas temperaturas, sobretudo na praia ou em saunas, pois podem evaporar os lubrificantes do interior do relógio, ocasionando danos;

- Os relógios necessitam de manutenção em intervalos de 4 a 5 anos. Portanto leve-o a um relojoeiro ou revendedor autorizado, para que possam limpar o interior e lubrifica-lo novamente, bem como trocar as pilhas quando necessário;

- Evite utilizar o relógio quando praticar algum esporte, especialmente os que implicarem movimentos intensos e bruscos. Estes movimentos são violentos demais para o funcionamento normal de um relógio, principalmente os automáticos;

- Se o relógio entrar em contato com água salgada, deixe-o dentro de uma pequena bacia com água da torneira. Lavá-lo apenas não será suficiente, e como se sabe, o sal é corrosivo para com todos os metais, imagine só o que não fará aos delicados microcomponentes do seu relógio;

- Evite a proximidade com equipamentos magnéticos, tais como alto-falantes de grandes dimensões ou os scanners de aeroporto. O forte magnetismo pode interferir a precisão do relógio. Já com máquinas de raio-x não terá qualquer problema;

- Tire sempre o relógio do pulso para o acertar. Além de poder dobrar as peças, acertar o relógio no pulso aumenta a probabilidade de entrar sujidade (poeira) para o seu interior;

- No caso de não utilizar um relógio automático durante longo período de tempo, acerte-o pelo menos uma vez por mês, pois isto fará com que as peças do interior se mantenham lubrificadas;

- Relógios automáticos com regulador de 12 horas: não acerte entre as 21 horas e as 3 horas, pois isso pode danificá-lo, especialmente em relógios mais complexos com calendários anuais ou perpétuos;

- Não hesite em recorrer a profissionais sempre que necessário, mesmo para pequenas tarefas lhe parecem acessíveis, como mudar uma pulseira.

Como cuidar dos seus óculos

Dica05

Muitos de vocês já devem ter se perguntado: quais são os cuidados que preciso ter para manter os óculos sempre novos? Sendo assim, segue abaixo algumas dicas sobre os cuidados que devemos ter com os óculos.

- Sempre tire seus óculos do rosto com a ajuda das duas mãos. Evite tirar com o auxílio de uma mão só, pois ela pode quebrar a haste ou entortar seus óculos;

- Mantenha seus óculos sempre guardados em suas caixinhas. Evite deixá-los em cima da mesa e, principalmente, com as lentes viradas para baixo;

- Evite usar os óculos como se fosse uma tiara, pois isto pode danificar as lentes ou quebrar o aro de seus óculos.

Tomando essas precauções, você terá óculos por muito mais tempo!

Dicas para limpar seus óculos

Dica03

Um dos maiores problemas para quem usa óculos é a limpeza. Sendo assim, é comum recorrer ao primeiro pano, barra de camisa ou pedaços de papel que encontramos pela frente, porém isso pode trazer problemas como entortar as hastes, soltar as lentes e até mesmo riscá-las.

Além disso, quando fazemos isso retiramos apenas as sujidades superficiais das lentes, deixando ainda o acúmulo de gordura por causa da oleosidade natural da pele, do próprio suor e da manipulação com as mãos suadas ou sujas.

Por isso, você que não vive sem seus óculos, aprenda estes truques para manter as lentes sempre limpas e evitar o acúmulo de gordura:

- Providencie um recipiente largo, onde caiba os óculos;

- Dissolva um pouco de detergente ou sabão líquido neutro em um pouco de água;

- Segure os óculos pelas hastes e mergulhe as lentes no recipiente algumas vezes;

- A seguir abra a torneira e passe seus óculos em água corrente;

- Por último, seque seus óculos com lenço de papel macio.

Faça isso pelos menos 2 vezes por semana, ou quando achar que é necessário. Seus óculos permanecerão limpos por mais tempo e as lentes não vão engordurar tão rápido.

Cuidados, preservação e como guardar suas joias

Dica04

As joias eternizam momentos importantes em nossas vidas. Adotando alguns cuidados elas podem conservar sua beleza por muitos e muitos anos.

- Evite fazer serviços manuais pesados usando seus anéis. Os metais ficam arranhados e as pedras, até mesmo os diamantes, podem se quebrar;

- Evite o contato de produtos químicos com suas joias (inclusive cosméticos, perfumes ou remédios). Eles alteram a cor das pedras e metais e agridem sua liga. Fuja especialmente do mercúrio dos termômetros, além de prejudicar sua saúde em contato com a pele, ele danifica o ouro;

- Retire suas joias ao lavar as mãos ou tomar banho. O sabonete embaça as peças com o uso continuado. Não use suas joias na praia ou na piscina, além dos produtos químicos presentes na água o sol e demais fontes de calor também podem danificar as peças;

Como limpar suas joias

Dica01

- Joias apenas de ouro ou prata: ficam mais brilhantes quando deixadas de molho por alguns minutos em água com bicarbonato de sódio e enxaguadas em água pura. - Joias com pedras preciosas: lave em água morna e detergente neutro, usando escova macia. Após enxágue com água morna e mergulhe em álcool (exceto esmeraldas, pérolas / madrepérolas, turquesa, opala e ágata). Deixe secar sobre lenços de papel.

- Joias com esmeraldas: utilize sabão neutro e água fria destilada (fervida). Lave-as delicadamente, enxágue e seque sem esfregar, para evitar que o atrito gere calor.

- Joias com corais: readquirem o brilho quando friccionadas com algodão embebido em terebentina.

- Joias com turquesa, opala ou ágata: estas são pedras porosas e não devem ter contato com a água ou óleo. Limpe-as com flanela ou camurça. A turquesa pode também ser limpa com um pano com álcool.

- Joias com pérolas e madrepérolas: limpe-as após o uso, com flanela ou algodão, para eliminar resíduos de cosméticos e suor. Você pode também usar sabão neutro e água fria destilada, sem deixar de molho. Enxágue bem e seque com pano ou papel macio. Não é indicado lavar pulseiras ou colares de pérolas, pois o fio de seda utilizado enfraquece com a umidade.

Dica: Pérolas e Madrepérolas ganham brilho extra antes de seu uso se friccionadas levemente com azeite de oliva ou óleo de amêndoas de boa qualidade.

- Joias escurecidas pelo iodo: algumas pessoas apresentam maior concentração de iodo no organismo. As joias utilizadas por estas pessoas tendem a escurecer mais facilmente. Para voltarem à cor original, basta providenciar novo polimento a ser realizado por profissionais de confiança. Nunca ferva suas joias com detergentes ou pasta de dente, pois tanto o calor quanto os produtos químicos são prejudiciais às joias. Confie suas joias apenas a profissionais de confiança e experientes.

Como guardar suas joias:

Pérolas, madrepérolas e esmeraldas precisam "respirar". Elas ressentem-se na umidade ou secura excessivas. Guarde-as em locais mais arejados e nunca as envolva em sacos plásticos;

Todas as suas joias devem ser guardadas separadamente uma das outras por veludo ou flanela macia, pois as peças e principalmente as pedras riscam umas às outras;

Correntes e pulseiras devem ser arrumadas com cuidado especial, para que não fiquem emaranhadas e arrebentem.

Conservação da bomba para chimarrão

Dica02

Lavar em água corrente, externa e internamente, colocando sempre o bojo, parte inferior da bomba, embaixo da torneira, permitindo a passagem de água por dentro, para retirar os resíduos de erva mate, evitando assim o depósito destes;

- Guardar em local seco e arejado, não em gavetas juntamente com os talheres (garfo, faca, colher);

- Evitar o uso de esponjas de aço e similares, pois causarão um processo de "lixação da bomba", alterando a textura da peça;

- Quando for retirar a erva mate da cuia, não usar a bomba como utensílio, nem batê-la na borda da cuia.

Conservação da cuia para chimarrão

Dica03

Cuia nova:

Passar apenas água em temperatura para chimarrão;

Para utilizá-la novamente verifique se o porongo está bem seco, esse processo pode variar de acordo com o clima e a umidade do local. Somente reutilize o porongo quando estiver seco. Isto pode ser mais demorado quando a cuia é nova.

DICAS IMPORTANTES:

Não há necessidade de “curtir”, “curar”, “queimar” ou utilizar água fervente para utilizar a cuia. Estes procedimentos irão danificar o porongo que é sensível à altas temperaturas.

Este procedimento vem da época em que o porongo era utilizado de forma quase bruta, ou seja, era retirado somente com uma faca ou colher a parte macia, e esta então ainda precisava ser retirada através do uso.

Hoje em dia, os porongos são colhidos na época adequada e ficam armazenados para a secagem, isso pode ser verificado pela ausência de odor.

UTLIZANDO A CUIA NO DIA A DIA

Após tomar seu chimarrão, retire a erva mate e lave internamente com água corrente;

Guarde em local seco e arejado, em pé. É importante manter a cuia seca, mas sempre ao natural;

Procure evitar o sol, este causará rachaduras e manchas no porongo, esses danos são irreversíveis;

Evite utilizar esponja de aço, detergente ou qualquer produto químico para higienizar a cuia. Utilize apenas água corrente.

CONTATO

Phone

49 3433-2836

Whatsapp

49 98833-0861

Mail

otica_pazini@hotmail.com

COMPRA ONLINE

Cielo bandeiras

ENCONTRE A PAZINI

Copyright © 2017 Ótica Pazini. Todos os direitos reservados.

Logo